Quebrando barreiras: iniciantes que se lançaram no mundo das competições e venceram

Foto: Arquivo Editora Top.Co.

Confira depoimentos de groomers que eram iniciantes e tiveram suas carreiras decoladas após vencerem o medo de competir

O mundo das competições de grooming é cercado de muito glamour e vaidades, mas também, impera o nervosismo, a insegurança e o medo de estrear nesse universo. Com a retomada dos concursos presenciais e a chegada da 11ª temporada do Groom Brasil, resolvemos dedicar um espaço da revista Groom Brasil à alguns groomers que tiveram a coragem de transpor barreiras, competir e conseguiram um pódio e certo reconhecimento extra em seus trabalhos. Confira depoimentos desses profissionais que arriscaram e colheram os frutos dessa decisão.

Foto: Arquivo pessoal

“Para quem tem medo de competir, meu conselho é: não deixe o medo ser mais do que o talento que existe dentro de você. Ao entrar no campo de batalha esqueça do mundo ao seu redor e faça o seu melhor, pois independente do resultado, o medo você já terá vencido!”

diz Jonathan Ramos

Jonathan Ramos: 1º lugar na categoria Tosa BebêNovos Talentos, no Minas Groom 2021

Jonathan Ramos, mais conhecido no mundo grooming como Nathan, é de Belo Horizonte MG, tem 28 anos e está há 11 anos no ramo pet. Em 2021, o groomer venceu o medo e competiu pela primeira vez no Minas Groom, onde conquistou o primeiro lugar na categoria Tosa Bebê Novos Talentos. “Essa experiência foi ímpar e me motivou mais ainda a competir e buscar novos conhecimentos para crescer cada dia mais profissionalmente”, aponta Nathan, que sempre foi incentivado pelos amigos de trabalho para competir, pois era considerado um destaque entre os demais. “Porém sempre tive um bloqueio dentro de mim que não me permitia encarar uma competição. Foi então que uma amiga de uma distribuidora de produtos pet me convenceu que eu tinha sim que competir para provar para mim mesmo que eu era capaz. Tive dificuldades para conseguir um dog model para participar, mas o instrutor de uma escola de Betim-MG, o Marcus Cotta, conseguiu a Amora da raça Lhasa Apso para me emprestar e conseguir participar da categoria Tosa Bebê Novos Talentos, onde tive a felicidade de ficar em 1°lugar! O prêmio do Minas Groom trouxe mais valorização para o meu trabalho. Até recebi convites para ministrar workshops em BH”, conta o groomer, que começou a trabalhar na área de Banho e Tosa como um bico de freelancer para um amigo. “Foi assim que me encantei pela profissão e me tornei banhista fixo e não perdi o foco para aprender a tosar cada vez mais. O fato de amar os animais ajudou ainda mais a seguir em frente!”, compartilha.

Nathan já fez e ainda faz diversos cursos e especializações e desde o início da pandemia tem feito atendimento em domicílio, o que tem sido um sucesso, diz ele. “Pretendo continuar competindo, treinando bastante para chegar forte nos próximos eventos que serão o Groom Brasil e o Master Groom”, finaliza.

Foto: Arquivo Editora Top.Co.

“Não deixe o medo te dominar, porque ele te impossibilita de viver experiências que poderiam ser incríveis. Aprendi que o medo é natural, todos sentem em algum momento. Você é forte, aguenta mordida, jornada de banhos e tosas de 12 horas em pé, uma tosa atrás da outra sem tempo de almoçar, então confie no seu potencial, acredite em você e se prepare para viver o sucesso!”

diz Liliane dos Santos Silva

Liliane dos Santos Silva: 1º lugar na categoria Novos Talentos do Groom Brasil 2019

A carioca Liliane dos Santos Silva, venceu pela primeira vez em uma competição quando participou na categoria Novos Talentos, do Groom Brasil 2019. Essa era a segunda vez que tentava um podium. “Eu competi a primeira vez no Groom Brasil 2018, sem nunca ter feito uma especialização, na cara e coragem e não fiquei em nenhuma colocação. Tinha muito receio em não terminar a prova no tempo, fazer uma tosa muito feia, medo da multidão, dos juízes, de tudo. O que me travava muito era a insegurança, pois como sou muito exigente comigo mesma, tenho uma tendência a me travar achando que ainda não estou pronta. Quando competi foi um misto de sentimentos, uma adrenalina surreal e o meu prêmio foi ter tido uma aula de valor impagável de dicas da juíza Vania Breim. Depois disso, fui para casa e coloquei todas as dicas dela em prática, dando mais qualidade às minhas tosas no dia a dia. Isso me gerou um ano de ansiedade até o Groom Brasil 2019 para sentir aquela emoção de vencer na categoria e aprender mais de novo”, compartilha a groomer que quase desistiu de competir em 2019. “Eu quase fui embora. Foi meu marido não me deixou ir”, lembra.

Liliane tem 15 anos de profissão e o que a motivou a competir foi a necessidade de se desafiar buscando algo novo. “Cheguei em um momento em que precisei de uma motivação pessoal, sair da minha zona de conforto”, diz. Após vencer no Groom Brasil 2019, Liliane também conquistou outros dois podiuns em outros concursos. Hoje, Liliane tem seu centro de estética, o Pet VIPs, no Rio de Janeiro-RJ,  e com os prêmios que recebeu em competições, muitas outras portas e possibilidades se abriram para ela, que é Groomer referência de uma marca de estética animal (Dog e Co Mundo Animal) e é convidada para dar aulas de especializações. “Os prêmios que conquistei me trouxeram reconhecimento profissional com os proprietários de pets, pois após o prêmio, clientes do Rio de Janeiro todo trazem seus pets para serem cuidados por mim. Tenho cliente que mora há 2 horas do meu centro de estética, mas mesmo assim a cada 30 dias estão lá para tosar seus pets comigo. Consegui alcançar uma clientela de alto padrão. Se antes eu precisava atender 10 cães para ganhar um valor X, hoje eu atendo três ganhando o mesmo valor. Também estou começando a gostar da ideia de abrir uma escola, pois é muito gostoso poder dividir conhecimento e motivar quem está começando. E claro, competir SEMPRE! O Groom Brasil me viciou”, finaliza.

Foto: Arquivo pessoal

“O conselho que dou aos groomers que ainda não tiveram coragem de competir é: estude, tenha o seu cão, treine e vá! Além do aprendizado

a experiência é incrível!”

diz Mariana de Castro Portella

Mariana de Castro Portella: 1° na categoria Poodle Iniciante, no Tosa Groom Sul 2021

Mariana de Castro Portella, de Palmeira das Missões-RS, sempre foi apaixonada por animais e queria ser veterinária. “Até iniciei o curso, mas não dei prosseguimento. Em 2008 resolvi fazer um curso de banho e tosa, e no mesmo ano comecei a trabalhar numa clínica. Desde então fui cada vez me apaixonando mais”, compartilha a profissional que tem 14 anos de profissão e seu próprio centro de estética. Mariana estreou no mundo das competições no Minas Groom 2021, quando conquistou o pódium na categoria Poodle Iniciante. “Sempre sonhei em participar de competições, mas parecia algo muito distante, não sentia segurança. Até que nos últimos 3 anos decidi focar em me aperfeiçoar, principalmente no Poodle que é a raça que mais gosto de trabalhar. E com o incentivo de alguns colegas e mentores resolvi arriscar, afinal, se a gente não tentar nunca vai saber se dá certo!”, compartilha a groomer, que competiu com Gaia, sua Poodle Gigante que Mariana prepara e treina desde que tinha 50 dias de vida, e venceu com tosa moderna na raça.

Para competir, a groomer teve que sair de sua cidade um dia antes da competição e viajar por 14 horas de carro. “Mas tudo valeu a pena. Não só pela premiação, mas pela experiência num geral”, aponta. “Pretendo continuar competindo e evoluindo cada vez mais. Estou aguardando e preparando a minha Gaia para o Groom Sul 2022, desta vez vou competir na categoria profissional”, finaliza.    

INCENTIVO AOS JOVENS APRENDIZES

Em novembro de 2021 a Tocca Pet Escola, de Campinas-SP, criou as Olimpíadas da Tocca como forma de incentivo, aperfeiçoamento e busca de novos talentos. “São competições na área de grooming voltadas principalmente para os novos talentos, que nunca participaram ou nunca se classificaram em uma competição grande. No evento também colocamos uma reunião de groomers renomados para competirem e mostrarem aos iniciantes que não precisa ter receio de participar, que a competição é sadia, e uma oportunidade de aprender mais. A primeira edição foi um grande sucesso e em novembro de 2022 será realizada a segunda etapa das Olimpíadas da Tocca”, explica Mário Knoll, criador de cães desde 1981, árbitro internacional pela FCI/CBKC para todas as raças e sócio da Tocca Pet Escola.

Para mais informações e inscrições no evento, acesse: www.tocca-escola.com.br/olimpiadas


Por

Samia Malas

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.